Boletim Na Estrada da Luta Numero 02 de Maio de 2019É reconhecido que a profissão de motorista de pesados de mercadorias é uma profissão dura, em que os trabalhadores são sujeitos a ritmos de trabalho desgastante, ao isolamento nas estradas do país e dos estrangeiro, com efeitos negativos na saúde e no plano social, porque a profissão obriga-os a estar ausentes da família e com reduzidos períodos de lazer.

Boletim "Na Estrada da Luta" nº 02

 

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 299 visitantes e 0 membros em linha