O SNTSF, sindicato ferroviário da FECTRANS/CGTP-IN, apelou à unidade de todos os trabalhadores e, apesar de não se terem criado as condições para um pré-aviso de greve abrangente, devido à acção divisionista de algumas organizações sindicais, entendemos que o momento é de unir e não dividir.

O governo irá votar um Orçamento do Estado lesivo para os trabalhadores, pelo que justifica a luta em torno das seguintes reivindicações:

Contra o Corte e congelamento dos salários previstos no OE de 2015;

Contra o roubo do direito ao transporte;

Pelo cumprimento integral do AE

Contra a redução de trabalhadores e pela reposição do efectivo;

Contra a redução das indemnizações compensatórias e obrigações do estado que põem em causa o cumprimento das obrigações sociais da CP e coloca em causa postos de trabalho;

Pela revogação do Decreto-lei 133/2013;

Pelo pagamento das dívidas aos trabalhadores.

vamos lutar amanhã com parte dos trabalhadores da CP, para ajudar à Unidade na Acção de todos.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 425 visitantes e 0 membros em linha