#gruemenu.grue

ML EstacaoCheiaA FECTRANS e o seu Sindicato no Metropolitano de Lisboa – o STRUP - defendem a expansão da empresa, mas entendem que num momento em que muito falta para repor os níveis de manutenção e segurança, o número de trabalhadores suficientes nas áreas operacionais, sempre com as desculpas de impossibilidades de autorização da Tutela Financeira por restrições orçamentais, se possa dar prioridade uma obra que nem sequer tem projetos cientificamente elaborados.

Por isso não podemos deixar de lamentar todo o “show” em torno do Lançamento do Concurso dos Toscos, para dar início à “Linha Circular”, realizado hoje no Alto dos Moinhos, pelo Conselho de Administração, num quadro de mais uma das cerimónias de “charme” que o Governo impõe como bandeira de um falso desenvolvimento na mobilidade na cidade de Lisboa.

Sem deixar de pensar no futuro é preciso dar resposta aos problemas do presente e, por isso, não podemos deixar de nos pronunciar hoje, como também não o fizemos em todos os foros onde conseguimos intervir, em defesa dos trabalhadores que representamos, mas também em defesa de um serviço público de qualidade ao encontro das necessidades da população.

Continuaremos a acompanhar todos os desenvolvimentos deste projeto e não deixaremos de estar atentos na defesa intransigente dos trabalhadores e dos utentes.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

LOGO 4 CONGRESSO FECTRANS

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 76 visitantes e 0 membros em linha

Informação email

Agenda

No mês passado janeiro 2019 Próximo mês
D Sb
week 1 1 2 3 4 5
week 2 6 7 8 9 10 11 12
week 3 13 14 15 16 17 18 19
week 4 20 21 22 23 24 25 26
week 5 27 28 29 30 31

Guia da parentalidade

Ponto Seguro