MarchaContraPrivaatizacoes3A FECTRANS e as Comissões de Trabalhadores das empresas públicas de transportes, que reuniram hoje, 5 de Junho, em Lisboa, concluíram que:

1. A solução central para a resolução dos problemas imediatos passa por:

  • Mais trabalhadores para a manutenção e reparação de comboios e navios;
  • Mais trabalhadores para guarnecer a operação da circulação de comboios e navios;
  • Mais trabalhadores para guarnecer estações, bilheteiras e serviços de atendimento a utentes;

2. Se houver vontade política para a admissão de mais trabalhadores, certamente que o governo não terá necessidade de repetir o pedido de desculpa aos portugueses.

3. É preocupante o estado de degradação do serviço público de transportes, que tem como consequência um pior serviço às populações e o agravamento das condições de trabalho;

4. A situação existente é o resultado da falta de medidas que têm sido reclamadas pelas Organizações Representativas de Trabalhadores junto do actual governo do PS, para que seja invertida a linha de destruição do serviço público de transportes desencadeada no mandato do governo do PSD/CDS-PP;

5. A falta de trabalhadores, o desinvestimento, a falta de medidas para responder aos problemas no imediato para a recuperação de material circulante, de modo a aumentar-se a capacidade de oferta, são as causas da degradação a que temos assistido;

6. Para além da degradação do serviço prestado aos utentes, os trabalhadores são confrontados com o aumento das jornadas e cargas de trabalho, sendo uma parte significativa do serviço prestado, só possível com o recurso a trabalho extraordinário;

7. A situação tende a agravar-se porque vai haver redução de trabalhadores disponíveis por motivos de férias, vamos continuar a assistir ao aumento da procura tendo em conta a justa redução de preços e a entrada em vigor do passe familiar, que depois terá o retorno da população estudantil e o regresso de férias no mês de Setembro;

As organizações de trabalhadores decidiram;

a) Juntar esforços na defesa do serviço público de transportes com qualidade, seguro e acessível à generalidade da população;

b) Realizar no dia 18 de Junho de 2019, entre as 08h00m e as 10h30m, na estação do Cais do Sodré, uma Tribuna Pública, para a qual convida:

Trabalhadores das empresas de transportes e suas organizações representativas;

Utentes e comissões de defesa do transporte público;

Autarcas e deputados;

Organizações de trabalhadores dos diversos sectores de actividade.

Lisboa, 5 de Junho de 2016

A Fectrans e as Comissões de Trabalhadores de empresas públicas de transportes.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 91 visitantes e 0 membros em linha

Informação email

Agenda

No mês passado agosto 2019 Próximo mês
D Sb
week 31 1 2 3
week 32 4 5 6 7 8 9 10
week 33 11 12 13 14 15 16 17
week 34 18 19 20 21 22 23 24
week 35 25 26 27 28 29 30 31
Sem eventos

Guia da parentalidade

Ponto Seguro